uffizi sala 60 de rosso fiorentino

Giovanni Battista Rossi, conhecido como Rosso Fiorentino, foi aluno de Andrea del Sarto, junto ao também famoso Pontormo. Ambos, ao contrário do mestre, representam em suas pinturas o conhecimento da insuficiência da arte tradicional, da inadequação expressiva dos cânones clássicos e, portanto, a aspiração a uma arte mais livre e subjetiva, que deixasse espaço aos reais estados de espírito, embora atormentados e dolorosos. Um exemplo maravilhoso da pintura de Rosso é o Moisés defende as filhas de Jetro, onde as figuras nuas e seminuas são representadas em poses plásticas e muito escorçadas, nas quais é evidente o estudo anatômico. O autor exprime o seu protesto contra a arte tradicional, principalmente através da cor que deforma figuras e espaço, alterando, assim, a visão clássica, como emerge da Virgem com criança e santos e o Querubim que toca.

Compre bilhetes para o Uffizi

Museus de Florença

Pesquisar no mapa!

O que pensam as pessoas que compraram bilhetes conosco